Rafael Procopio
Texto de André Narciso, aluno da turma 1901.

As pessoas às vezes se perguntam: "O que fazer por um mundo melhor?" É bem simples, o Brasil tem uma das maiores reservas de água doce do mundo; a maior floresta tropical do planeta. Entretanto, as pessoas nem ligam para isso. Elas fazem o contrário: poluem rios, derrubam árvores, criam trânsitos imensos...
Nós não podemos simplesmente parar de poluir nossos rios, arranjar uma forma sutentável de derrubar árvores e, ao invés de carros, passarmos a andar de bicicleta? São formas baratas e talvez divertidas de ajudar o planeta. Não fique esperando as outras pessoas começarem a fazer. Faça você mesmo, que acaba virando moda!


Como fazer um mundo melhor?


A Capacidade humana de mudar
Vai contra a natureza
Iremos nos reutilizar
E ajudar nosso planeta

Se o trânsito esta caótico
A bicicleta pode resolver
Se no mundo há narcóticos
Na educação você precisa crer

Seja uma árvore derrubada
Tu poderás por outra no lugar
Há um necessitado na rua?
ele você precisa ajudar!

Creio no que restou do amor humano
Caminho lutando por uma Nova Era
Não esmagando nenhum ignorante
Nunca esquecendo a minha meta

O pouco que há neste poema
Transformaria esse mundo desigual
Este é o meu dilema:
Todos por um mundo mais fraternal!



Fraternalmente,
André Narciso.
Categoria: edit post
2 Responses
  1. Olá, André! Eu acho suas postagens sempre muito antenadas e sua opinião é também muito valorosa. Entretanto, considero que as questões ambientais são muito mais profundas do que simplesmente "cada um fazer a sua parte". Atitudes isoladas, na minha opinião, não trarão o resultado esperado. É importantíssimo termos a consciência de que cada um deve fazer a sua parte. Porém, considero igualmente importante sabermos que mesmo que cada um faça a sua parte, se os valores sociais, políticos e econômicos mundiais em relação ao meio ambiente não mudarem, os avanços nesta área serão insignificantes.

    Obrigada por abrir espaço em nosso blog para essa discussão.


  2. Parabéns André,gostei muito da sua postagem.
    Todos os dias nos defrontamos com sinais de que alguma coisa não está mais da mesma forma e nada fazemos de concreto.
    Já dizia Victor Hugo:"É triste pensar que a natureza fala e que o género humano não a ouve."
    A hora de acordar é AGORA!
    Bjs,
    Patricia Nogueira-Coordenadora Pedagógica


Postar um comentário